O conceito de Organização do Conhecimento nas revistas brasileiras de Ciência da Informação

  • Lígia Maria Arruda Café Universidade Federal de Santa Catarina
  • Camila Monteiro de Barros Universidade Federal de Santa Catarina
  • Valéria Cunha dos Santos Universidade Federal de Santa Catarina
Palabras clave: Terminologia. Organização do Conheci- mento. Análise conceitual.

Resumen

A falta de precisão conceitual e terminológica na transferência de informação entre pesquisadores pode provocar interpretações ambíguas pelos interlocutores nas di- versas situações de comunicação. Com base nessa constatação, este estudo procura verificar o emprego do termo organização do conhecimento (OC) e seu respectivo signi- ficado em um canal formal de comunicação entre especialistas: os periódicos cien- tíficos brasileiros em Ciência da Informação (CI). A escolha pela análise do referido termo recai sobre a importância central da área de OC no domínio da CI. Partindo do conceito de organização do conhecimento proposto por Bräscher e Café (2010), o ob- jetivo dessa pesquisa é realizar um estudo conceitual referente ao termo no âmbito da CI, verificando a conformidade dos autores da área com os atributos sugeridos no conceito norteador. O levantamento dos artigos analisados foi realizado em periódicos científicos nacio- nais da área de Ciência da Informação, classificados em 2012 como A1 e A2 no siste- ma Qualis Capes. A busca pelo termo organização do conhecimento nos campos “título” e “palavras-chave” foi realizada utilizando a Base de Dados Referencial de Artigos de Periódicos em Ciência da Informação (BRAPCI) e recuperou 21 artigos, sendo 20 deles considerados como corpus para análise. Nos artigos recuperados, foram analisa- das as convergências com o conceito norteador. Os resultados apontam que 60% dos artigos apresentam conformidade total com o conceito adotado e que 70% estão em conformidade com pelo menos um dos atributos do conceito norteador.Palavras-chave: Terminologia. Organização do Conheci- mento. Análise conceitual. El concepto de Organización del Conocimiento en revistas brasileñas de Ciencias de la Información La falta de precisión conceptual y terminológica en la transferencia de información entre los investigadores, puede causar interpretaciones ambiguas por parte de algunos actores en diferentes situaciones de comunica- ción. Con base en esta observación, el presente estudio tiene por objeto verificar el uso del término Organiza- ción del Conocimiento (OC) y su correspondiente sig- nificado en un canal formal de comunicación entre los especialistas en revistas científicas brasileñas de Cien- cias de la Información (CI). La elección para el análisis de ese término incide sobre la importancia central de la zona de OC en el ámbito de la CI. A partir del concepto de Organización del Conocimiento propuesto por Bräs- cher y Café (2010), el objetivo de esta investigación es realizar un estudio conceptual en referencia a ese tér- mino en el ámbito de la CI, y verificar la conformidad de los autores del área con los atributos que se sugieren en el concepto norteador.La encuesta se realizó en revistas científicas naciona- les de Ciencias de la Información, clasificadas en 2012 como A1 y A2 en el sistema Qualis Capes. La búsque- da del término Organización del Conocimiento en los campos “título” y “palabras clave” se realizó en la Base de Referencia de Artículos en Ciencias de la Informa- ción (BRAPCI). Fueran recuperados 21 artículos, 20 de los cuales fueran considerados como corpus de análisis. En los artículos recuperados, se analizaron las conver- gencias con el concepto guía. Los resultados muestran que 60% de los artículos presentan plena conformidad con el concepto adoptado y que el 70% son conformes con al menos uno de los atributos del concepto guía. Palabras-clave: Terminología. Organización del Cono- cimiento. Análisis conceptual.  The Concept of Knowledge Organization in Brazilian Journals of Information ScienceThe absence of conceptual and terminological accuracy in the transfer of information between researchers may lead to ambiguous interpretations by actors in different communication contexts. Based on this observation, this paper aims to verify the use of the term Knowled- ge Organization (KO) and its corresponding meaning in a formal communication channel among experts in Brazilian scientific journals of Information Science (IS). The choice for the analysis of this term influences the importance of KO area in the field of IS. From the concept of Knowledge Organization proposed by Bräs- cher and Café (2010), the objective of this research is to conduct a conceptual study on this term in the field of IS, and verify the conformity of the authors of this area with the attributes given to the guiding concept. The survey was conducted through national scienti- fic journals of Information Science, classified in 2012 as A1 and A2 in the Qualis Capes system. The search of the term Knowledge Organization in the “title” and “keywords” fields was carried out in the Referential Da- tabase of Articles on Information Science (BRAPCI). 21 articles were retrieved, 20 of which were considered as analysis corpora. In the retrieved articles, convergences with the guiding concept were analyzed. The results show that 60% of the articles present full conformity with the adopted concept and that 70% conform to at least one of the attributes of the guiding concept. Keywords: Terminology. Knowledge organization. Conceptual analysis.  

Biografía del autor/a

Lígia Maria Arruda Café, Universidade Federal de Santa Catarina
Doutora em Linguística (Université Laval, Canadá). Professora do Departamento de Ciência da Informação e do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação. Universidade Federal de Santa Catarina. Brasil. 
Camila Monteiro de Barros, Universidade Federal de Santa Catarina
Mestre em Ciência da Informação. Doutoranda em Ciência da Informação (Universidade Federal de Santa Catarina, Brasil). Professora do Departamento de Ciência da Informação da Universidade Federal de Santa Catarina. Brasil. 
Valéria Cunha dos Santos, Universidade Federal de Santa Catarina
Licenciada em Letras/Português (Universidade Federal de Santa Catarina) e Mestranda em Linguística (Universidade Federalde Santa Catarina). 
Publicado
2014-09-01
Cómo citar
Café, L. M. A., de Barros, C. M., & dos Santos, V. C. (2014). O conceito de Organização do Conhecimento nas revistas brasileiras de Ciência da Informação. Revista Interamericana De Bibliotecología, 37(3), 201-214. Recuperado a partir de https://revistas.udea.edu.co/index.php/RIB/article/view/20520
Sección
Investigaciones