HIV vertical transmission preventive measurements used by mothers.

  • Aline da Fonseca Leal Enfermeira do Hospital São Francisco de Paula. Graduada pela Faculdade de Enfermagem da Universidade Federal Pelotas, Brasil. email: alinedafonsecaleal@yahoo.com.br.
  • Adriana Roese Enfermeira, Doutoranda do Programa de Pós-graduação em Enfermagem. Professora da Faculdade de Enfermagem da Universidade Federal de Pelotas, Brasil. email: adiroese@gmail.com
  • Afra Suelene de Sousa Enfermeira, Doutoranda do Programa de Pós-graduação em Enfermagem. Professora da Faculdade de Enfermagem da Universidade Federal de Pelotas, Brasil. email: afrasus@uol.com.br.
Keywords: HIV; infectious disease transmission, vertical; primary prevention; public health.

Abstract

Objective. To analyze HIV vertical transmission preventive measurements used by mothers of HIV positive children who were supported by the Specialized Attention Service (EAS) of the municipality of Pelotas, Rio Grande do sul (Brazil).

Methodology. Qualitative research with descriptive and exploratory approach. Data were collected through semi structured interviews applied to five mothers of HIV positive children. The analysis of the information was made through thematic categorization.

Results. It was observed that the main factor that hampers HIV vertical transmission preventive measurements was the healthcare staff omission to order the HIV test. Most of the surveyed mothers showed knowledge about the disease and its preventive measurements.

Conclusion. There is a need to train health care professionals in the diffusion of preventive measurements to improve prenatal attention.

|Abstract
= 16 veces | RESUMEN
= 0 veces| RESUMO
= 0 veces| PDF (ESPAÑOL (ESPAÑA))
= 4 veces| PDF (PORTUGUÊS)
= 9 veces| PDF (PORTUGUÊS (BRASIL))
= 1 veces| HTML (PORTUGUÊS)
= 8 veces| MCORREAHOYOS, CARTA DE CESIÓN DE DERECHOS.JPG
= 0 veces| MCORREAHOYOS, CURRÍCULO DO SISTEMA DE CURRÍCULOS LATTES (ALINE DA FONSECA LEAL).PDF
= 0 veces| MCORREAHOYOS, CURRÍCULO DO SISTEMA DE CURRÍCULOS LATTES (AFRA SUELENE DE SOUSA).PDF
= 0 veces| MCORREAHOYOS, CURRÍCULO DO SISTEMA DE CURRÍCULOS LATTES (ADRIANA ROESE).PDF
= 0 veces|

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biography

Adriana Roese, Enfermeira, Doutoranda do Programa de Pós-graduação em Enfermagem. Professora da Faculdade de Enfermagem da Universidade Federal de Pelotas, Brasil. email: adiroese@gmail.com

 

References

(1) Varella RB. Aspectos da epidemia de Aids em município de médio porte do Rio de Janeiro, 2000-2004. Rev Brasil Epid. 2006;9(4):447-53.

(2) United Nations Programme on HIV/AIDS. Relatório global sobre a epidemia de Aids 2009 - sumário geral. Brasília: Organização das Nações Unidas no Brasil; 2009. [acesso em: 21 dez. 2009]. Disponível em: http://www.onu-brasil.org.br/doc/2009-Relatorio-Global-Aids-Sum-rio-Geral-Port.pdf.

(3) United Nations Programme on HIV/AIDS. A ONU e a resposta a Aids no Brasil. Brasília: Organização das Nações Unidas no Brasil; dez. 2008. [acesso: 1 dez. 2009].Disponível em: http://www.onu-brasil.org.br/doc/LivretoUNAIDSCompleto.pdf

(4) Brasil. Ministério da Saúde. Programa Nacional de DST e AIDS. Boletim Epidemiológico, versão preliminar. Brasília: Ministério da Saúde; 2009. [acesso: 21 dez. 2009]. Disponível em: http://www.aids.gov.br/data/documents/storedDocuments/%7BB8EF5DAF-23AE-4891-AD 36-1903553A3174%7D/%7B5E12D537-5F08-484B-9960-F54FE345DC31%7D/Boletim 2009_preliminar.pdf.

(5) Santos NJS, Barbosa RM, Pinho AA, Villela WV, Aidar T, Filipe EMV. Contextos de vulnerabilidade para o HIV entre mulheres brasileiras. Cad. Saúde Públ. 2009;25(2):321-333.

(6) Verburg D, Chaves MMN. O perfil de crianças expostas ao vírus HIV em um serviço público no município de Curitiba-PR. Fam. Saúde Desenv. 2006;8(3):242-50.

(7) Brasil. Ministério da Saúde. Programa Nacional de DST e AIDS. Boletim Epidemiológico - AIDS e DST. Brasília: Ministério da Saúde; jan./jun. 2008. [acesso: 15 dez. 2009].Disponível em: http://www.aids.gov.br/data/documents/storedDocuments/%7BB8EF5DAF-23AE-4891-AD 36-1903553A3174%7D/%7B31A56BC6-307D-4C88-922D-6F52338D0BF4%7D/Boletim 2008_vers%E3o1_6.pdf

(8) Romanelli RMC, Kakehasi FM, Tavares MCT, Melo VH, Goulart LHF, Aguiar RALP, ET al. Perfil das gestantes infectadas pelo HIV atendidas em pré-natal de alto risco de referência de Belo Horizonte. Rev Bras Saúde Mat Inf. 2006;6(3):329-34.

(9) United Nations Programme on HIV/AIDS. Rumo ao acesso universal: Ampliando intervenções prioritárias em HIV/AIDS no setor de saúde. Brasília: Organização das Nações Unidas no Brasil; 2009. [acesso: 21 dez. 2009]. Disponível em: http://www.onubrasil.org.br/doc/Relatorio_ de_progresso_Acesso_Universal+2009+Sumario+Executivo.pdf

(10) Nishimoto TMI, Neto IJ, Rozman MA. Transmissão materno-infantil do vírus da imunodeficiência humana: avaliação de medidas de controle no município de Santos. Rev Assoc Méd Bras. 2005;51(1):54-60.

(11) Fernandes RCSC, Araújo LC, Acosta EM. O desafio da prevenção da transmissão vertical do HIV no Município de Campos dos Goytacazes, Rio de Janeiro, Brasil. Cad Saúde Públ. 2005;21(4):1153-9.

(12) Brasil. Ministério da Saúde. Programa Nacional de DST e AIDS. Recomendações para Profilaxia da Transmissão Vertical do HIV e Terapia Anti-Retroviral em Gestantes. Brasília: Ministério da Saúde; 2006. [acesso: 15 dez. 2009]. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/ consenso_gestantes_2007.pdf

(13) Brasil. Ministério da Saúde. Portaria Anvisa n° 34, DOU 29.07.2005, Regulamenta o uso de testes rápidos para diagnóstico da infecção pelo HIV em situações especiais, de 28 de julho de 2005. Brasília: Ministério da Saúde; 2005. [acesso: 18 dez. 2009]. Disponível em: http://www.labconsult.com.br/dwl/ANVISA_Port_34_2005_HIV_ Rapido.pdf

(14) Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria da Saúde. Programa Nacional de DST e AIDS. Guia de Tratamento Clínico da Infecção pelo HIV em Crianças. Brasília: Ministério da Saúde; 2004. [acesso: 18 jan. 2009]. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/05consenso2.pdf.

(15) Araújo LM. Transmissão vertical do HIV: situação encontrada em uma maternidade de Teresina. Rev Bras Enferm. 2007;60(4):396-9.

(16) Araújo MAL, Silveira CB, Silveira CB, Melo SP. Vivências de gestantes e puérperas com o diagnóstico do HIV. Rev Bras Enferm. 2008;61(5):589-94.

(17) Brasil. Ministério da Saúde. DTS-AIDS; 2011. [acesso: 23 abr. 2011]. Disponível em: http://www2. aids.gov.br/cgi/tabcgi.exe?tabnet/rs.def

(18) Brasil. Conselho Nacional de Saúde. Resolução n°. 196/96. Brasília; 1996.

(19) Conselho Federal de Enfermagem. Resolução COFEN n° 311/2007. Aprova o Código de Ética dos Profissionais de Enfermagem e dá outras providências. Rio de Janeiro, 08 de fevereiro de 2007.

(20) Villegas N, Ferrer L, Cianelli N, Miner S, Lara L, Peragallo N. Conocimientos y autoeficacia asociados a la prevención del VIH y SIDA en mujeres chilenas. Invest Educ Enferm. 2011;29(2):222-9.

(21) Neves LAS. Prevenção da transmissão vertical do HIV/AIDS: compreendendo as crenças e percepções das mães soropositivas. [Dissertação de Mestrado]. Ribeirão Preto (SP): Universidade de São Paulo; 2005.

(22) Andries S. Gravidez e AIDS. Rev. Saber Viver. 2000;1(5):1-11.

(23) Gir E, Canini SRMS, Prado MA, Carvalho MJ, Duarte G, Reis RK. A feminização da AIDS: conhecimento de mulheres soropositivas sobre a transmissão e prevenção do HIV-1. J Brasil Doenças Transm. 2004;16(3):73-6.

(24) Moura EL, Praça NS. Transmissão vertical do hiv: expectativas e ações da gestante soropositiva. Rev. Latino-Am. Enferm. mai./jun. 2006;14(4):405-13.

(25) Padilha MICS, Vieira M. O cotidiano das famílias que convivem com o HIV: um relato de experiência. Rev Enferm. 2007;11(3):351-7.

(26) Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria Executiva. Secretaria de Vigilância em Saúde. Glossário Temático: DST e AIDS. Brasília: Ministério da Saúde; 2009.

(27) Brasil. Ministério da Saúde, Programa Nacional de DST e AIDS. Protocolo para a prevenção de transmissão vertical de HIV e sífilis. Brasília: Ministério da Saúde; 2006. [acesso: 20 dez. 2009]. Disponível em: http://www.saude.rio.rj.gov.br/media/dstaids_gestante_protocolo_out06. pdf

(28) Paiva V, Latorre MR, Gravato N, Lacerda R. Sexualidade de mulheres vivendo com HIV/AIDS em São Paulo. Cader Saúde Públ. 2002;18(6):1609-20.

(29) Souza Júnior PRB, Szwarcwald CL, Júnior AB, Carvalho MF, Castilho EA. Infecção pelo HIV durante a gestação: Estudo-Sentinela Parturiente, Brasil, 2002. Rev. Saúde Públ. 2004;38(6):764-72.

(30) Lemos LMD, Gurgel RQ, Fabbro ALD. Prevalência da infecção por HIV em parturientes de maternidades vinculadas ao SUS. Rev Brasil Ginecol Obstetr. 2005;27(1):32-6.

(31) Santos NJS, Buchalla CM, Fillipe EV, Buugamelli ST. Mulheres HIV positivas, reprodução e sexualidade. Rev Saúde Públ. 2002;36(4):12-23.

(32) Barbosa RM, Knauth DR. Esterilização feminina, AIDS e cultura médica: os casos de São Paulo e Porto Alegre, Brasil. Cader Saúde Públ. 2003;19(2):365-76.

Published
2012-04-10
How to Cite
Leal A. da F., Roese A., & de Sousa A. S. (2012). HIV vertical transmission preventive measurements used by mothers. Investigación Y Educación En Enfermería, 30(1). Retrieved from https://revistas.udea.edu.co/index.php/iee/article/view/8737
Section
ORIGINAL ARTICLES / ARTÍCULOS ORIGINALES / ARTIGOS ORIGINAIS