DANTE ALIGHIERI E A VOZ FEMININA SOBREDETERMINADA: AGONISMO E FANTASMAGORIA

  • Pedro Carlos Louzada Fonseca Universidade Federal de Goiás
  • Norival Bottos Júnior Universidade Federal de Goiás
Palabras clave: Voz feminina, Sobredeterminação, Fantasma, Agonismo, Dante Alighieri

Resumen

A mulher é tema central para Dante, desde seus primeiros poemas líricos até a Comédia. Nessa perspectiva temática, através do método comparativo e da análise críticoteórica, este artigo examina a maneira pela qual o poeta se utiliza da operação fantasmática do amor cortês para anular a voz feminina em Beatriz de Vida nova e, posteriormente, como a dama florentina ressurge na Comédia dotada de voz masculina do próprio Dante em constante processo de autoescuta. Nesse aspecto mimético, o artigo pretende concluir pela observação de que a poética de Dante apresenta traços de emancipação da estética medieval em direção ao moderno.

|Resumen
= 125 veces | PDF
= 108 veces|

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.
Publicado
2019-10-18
Cómo citar
Louzada Fonseca, P. C., & Bottos Júnior, N. (2019). DANTE ALIGHIERI E A VOZ FEMININA SOBREDETERMINADA: AGONISMO E FANTASMAGORIA. Lingüística Y Literatura, 40(76), 176-191. https://doi.org/10.17533/udea.lyl.n76a09
Sección
Artículos de investigación