A ciência geográfica na escola: pressupostos de um currículo escolar fundamentado no conhecimento disciplinar

  • Sonia Maria Vanzella Castellar Universidade de São Paulo
  • Daniel Luiz Stefenon UNICENTRO/Universidade de São Paulo

Resumen

As discussões sobre os diferentes saberes que constituem o currículo escolar ganham uma importância cada vez mais notável, principalmente quando colocadas nesse debate questões relativas à função e ao papel da escola na contemporaneidade. Dentro desse contexto, o presente artigo busca reunir alguns pontos de reflexão relativos ao papel do conhecimento disciplinar na definição do currículo da Geografia ensinada na escola, bem como sua relação com os conhecimentos emergentes do mundo vivido pelos alunos. O conjunto das reflexões aqui elencadas é um fruto de discussões originadas de um projeto de pesquisa que está sendo desenvolvido pelos autores, o qual busca compreender melhor o papel do conhecimento científico na definição e legitimação do currículo escolar da Geografia. Apoiando-se no referencial oferecido por Basil Bernstein e Michael Young, bem como nos fundamentos das teorias construtivistas, propomos o resgate do conhecimento científico-geográfico como balizador da constituição do currículo na escola, visto aqui como um conjunto de “conhecimentos poderosos” capazes de dotar os estudantes de condições efetivas para perceber a realidade em seu entorno e para intervir nela.
Publicado
2015-07-31
Sección
INFORMES DE INVESTIGACIÓN Y ENSAYOS INÉDITOS