A Dialogue Between Computational Thinking and Interdisciplinarity using Scratch Software

Palabras clave: asociación universidad-escuela, Scratch, actividades interdisciplinares, Educación Matemática

Resumen

En este documento, el propósito es discutir los resultados de una acción de educación continua con los docentes, vinculada al proyecto de extensión universitaria Pensamiento computacional e interdisciplinariedad en el aula, desarrollado dentro del Universidad Estatal de Sao Paulo (UNESP), Rio Claro (Sao Paulo), Brazil. Se destaca el desarrollo de actividades interdisciplinarias por parte de los docentes, utilizando el software Scratch, señalando cómo esto se refleja en el aula, a partir del desarrollo de una actividad interdisciplinaria en dos clases impartidas por la maestra de Geografía, participante de esta acción formativa. Se adoptó el enfoque cualitativo y los procedimientos metodológicos utilizados fueron grabación de video de las reuniones, redacción de diarios de campo preparados por todos los proponentes involucrados y grabación de todas las actividades desarrolladas. A partir del análisis de datos, se destaca la importancia de esta asociación entre la universidad y la escuela, porque contribuyó a transformar el conocimiento de profesores, investigadores y estudiantes a través del desarrollo del pensamiento computacional.

|Resumen
= 87 veces | PDF (ENGLISH)
= 38 veces|

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.

Biografía del autor/a

Maria Teresa Zampieri, Universidade Federal de São Carlos, São Carlos-Brazil

Possui graduação em Licenciatura Plena em Matemática pela Universidade Federal de São Carlos (2003), Mestrado em Educação Matemática pelo Programa de Pós-Graduação em Educação Matemática (PPGEM) da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2013), campus de Rio Claro, e Doutorado (2018) por essa mesma instituição. É pesquisadora associada ao Grupo de Pesquisa em Informática, outras Mídias e Educação Matemática (GPIMEM). É pós-doutora em Educação Matemática pelo Programa Nacional de Pós-Doutorado (CAPES), também vinculada ao PPGEM. No doutorado, sua pesquisa foi financiada pela FAPESP, processo #2014/27166-9. Como parte das atividades do doutorado, foi realizado um estágio no exterior por um período de 2 meses, também financiado pela FAPESP, processo #2015/10536-0. O estágio foi realizado no Departamento de Matemática da Universidade de Coimbra. Atualmente é professora substituta no Departamento de Metodologia de Ensino, da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). Tem experiência na área de Educação Matemática, atuando principalmente nos seguintes temas: produção de conhecimento, comunicação, colaboração, tecnologias digitais, formação inicial e continuada de professores de Matemática, interdisciplinaridade, produção e análise de vídeos com conteúdos matemáticos e pensamento computacional.

Sueli Liberatti Javaroni, São Paulo State University (UNESP), Bauru, Brazil

PhD in Mathematical Education. Prof. Assistant Doctor at São Paulo State University (UNESP), Faculty of Sciences, Bauru, São Paulo, Brazil.

Citas

Borba, M.C., & Penteado, M.G. (2010). Informática e Educação Matemática. 4 ed. Belo Horizonte. Autêntica.

Borba, M. C., & Villarreal, M. E. (2005). Humans-With-Media and the Reorganization of Mathematical Thinking: information and communication technologies, modeling, experimentation and visualization. New York: Springer, 2005. v. 39.

Brasil. (2018). Base Nacional Comum Curricular. Ministério da Educação.

ISTE, & CSTA. (2011). Computational thinking in K–12 education leadership toolkit.

Javaroni, S. L., & Silva, E. C. (2019). Pensamento computacional nos anos finais do ensino fundamental. In: Marco Antonio Rossi; Eliane Patricia Grandini Serrano. (Org.). Educação e Sociedade. 1ed.Bauru: Canal 6 Editora, v. 1, p. 147-167.

Javaroni, S. L., & Zampieri, M. T. (2019). Tecnologias Digitais nas aulas de Matemática: um panorama acerca das escolas públicas do Estado de São Paulo. 2. ed. São Paulo: Editora Livraria da Física, 111p.

Levy, P. (1999). As tecnologias da Inteligência: O futuro do pensamento na era da informática. 8.ed. Rio de Janeiro: Editora 34,1999, 127p.

Scratch. (2019). Escola_Carolina. Disponível em: <https://scratch.mit.edu/users/Escola_Carolina/>. Acesso em: 30 jul 2019.

Silva, E. C. (2018). Pensamento Computacional e a formação de conceitos matemáticos nos Anos

Finais do Ensino Fundamental: uma possibilidade com kits de robótica. 2018. Dissertação (mestrado) -Universidade Estadual Paulista (Unesp), Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Rio Claro.

Silva, M. M., Miorelli, S. T., & Kologeski, A. L. (2018). Estimulando o pensamento computacional com o projeto Logicando. In: Revista Observatório, Palmas, v.4, n.3, p. 206-238, maio.

Silva, E. C., Zampieri, M. T., & Javaroni, S. L. (2019). Pensamento Computacional e programação: impactos na formação de professores e contribuições para práticas pedagógicas interdisciplinares. In: Amilton Rodrigo de Quadros Martins; Adelmo Antonio da Silva Eloy. (Org.). Educação Integral por meio do Pensamento Computacional: letramento em programação. 1ed.Curitiba: Editora Appris, v. 1, p. 206-231.

Skovsmose, O. (2000). Cenários para investigação. Bolema, n. 14, p. 66-91.

Tardif, M. (2000). Saberes profissionais dos professores e conhecimentos universitários: Elementos para uma epistemologia da prática profissional dos professores e suas consequências em relação à formação para o magistério. In: Revista Brasileira de Educação, no13, 2000.

Tomaz, V. S., & David, M. M. M. S. (2017). Interdisciplinaridade e aprendizagem da Matemática em sala de aula. 3. ed. Belo Horizonte: Autêntica.

Wing, J. (2006). Computational thinking: it represents a universally applicable attitude and skill set everyone, not just computer scientists, would be eager to learn and use. Communications of the ACM, v. 49, n. 3, p. 33-35.

Zampieri, M. T., Silva, E. C., & Javaroni, S. L. (2019). Parceria universidade-escola e as tecnologias digitais na educação matemática: reflexos na pesquisa e na extensão. In: Encontro Nacional de Educação Matemática, 2019, Cuiabá. Educação Matemática com as Escolas da Educação Básica: interfaces entre pesquisas e salas de aula, 2019. v. 13. p. 1-15.

Publicado
2020-06-30
Cómo citar
Zampieri, M. T., & Javaroni, S. L. (2020). A Dialogue Between Computational Thinking and Interdisciplinarity using Scratch Software. Uni-Pluriversidad, 20(1), e2020105. https://doi.org/10.17533/udea.unipluri.20.1.06