Formación continua del profesorado, educación física escolar y el cuerpo cultura: el pde/pr foco

  • Tania Regina Bonfim Universidad Estatal de Maringá
  • Deiva Mara Delfini Batista Universidad Estatal de Maringá
  • Amauri Aparecido Bássoli Oliveira Universidad Estatal de Maringá
Palabras clave: educación física, política pública, educación continua, conocimientos

Resumen

La formación continua del profesorado ocupa lugar importante en los debates educativos brasileños, revelando los estudios y la proposición de los programas del poder publico, como la PDE/PR.  El objetivo de este estudio fue diagnosticar, a través de la producción final de los profesores PDE/PR (2007-2012), la articulación de sus estudios al Contenido Estructurarales y Elementos Articulares propuestos por las Directrices Curriculares de Educación Física del Estado de Paraná-Brasil en el contexto de la educación continua. La referencia metodológica se estructuró a partir de la perspectiva de la investigación documental. El diagnóstico realizado indica que los profesores PDE se apropian de manera parcial de los conocimientos trabajados por las Directrices, tratando de articular, en cierto modo, su enseñanza pedagogica a dicha propuesta. A pesar de conocer la reformulación continua que el programa recibe, se hace hincapié en la necesidad de vigilancia sobre este tema de otra manera no cumplirá con las Directrices Curriculares propuestas por el Estado.

|Resumen
= 201 veces | PDF (PORTUGUÊS (BRASIL))
= 183 veces| HTML (PORTUGUÊS (BRASIL))
= 11 veces|

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.

Biografía del autor/a

Tania Regina Bonfim, Universidad Estatal de Maringá

Máster de la Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Centro de Ciencias de la Salud, Departamento de Educación Física, Universidad Estatal de Maringá (Maringá, Brasil).

Deiva Mara Delfini Batista, Universidad Estatal de Maringá

Maestría de la Universidad Estatal de Maringá. Centro de Ciencias de la Salud, Departamento de Educación Física, Universidad Estadual de Maringá (Maringá-Brasil).

Amauri Aparecido Bássoli Oliveira, Universidad Estatal de Maringá

Pos-Dourtor de la Universidad Federal de Rio Grande do Sul, PhD de la Universidad Estadual de Campinas. Centro de Ciencias de la Salud, Departamento de Educación Física, Universidad Estadual de Maringá (Maringá, Brasil).

Citas

ANFOPE Associação Nacional pela Formação dos Profissionais da Educação (1998). Documento Final. In Encontro Nacional da ANFOPE, 9º. Campinas.

Bracht, V. (1992). Educação Física e aprendizagem social. Porto Alegre: Magister.

Bracht, V. (1999). Educação Física & ciência: cenas de um casamento (in)feliz. Ijuí: Unijuí.

Brasil (2001). Ministério da Educação. Plano Nacional de Educação. Lei nº 10.172 de 09/06/2001. Aprova o Plano Nacional de Educação e dá outras providências. Diário Oficial da União. Brasília: MEC.

Brasil (2006). Ministério da Educação. Decreto Federal nº 5.800 de 08/06/2006. Dispõe sobre o Sistema Universidade Aberta do BrasilUAB. Brasília: MEC.

Brasil (2007). Ministério da Educação. Decreto Federal nº 6.094 de 24/04/2007. Dispõe sobre a implementação do Plano de Metas Compromisso Todos pela Educação. Brasília: MEC.

Brasil (2008). Ministério da Educação. O Plano de Desenvolvimento da Educação: razões, princípios e programas. Brasília: MEC. Acesso em 01 de fevereiro, 2014, disponível http://portal.mec.gov.br/arquivos/livro/

Brito, A. K. A., Silva, F. I. C., & França; N. M. (2012). Programas de intervenção nas escolas brasileiras: uma contribuição da escola para a educação em saúde. Saúde em Debate, 36 (95), p.624-632.

Candau, V. M. (1997). Magistério: construção cotidiana. Petrópolis: Vozes.

Chauí, M. (2001). Escritos sobre a universidade. São Paulo: UNESP.

Ferreira, H. S., Oliveira, B. N., & Sampaio, J. J. C. (2013). Análise da percepção dos professores de Educação Física acerca da interface entre a saúde e a educação física escolar: conceitos e metodologias. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, 35 (3), p.673-685.

Ferretti, C. J. (1996). As mudanças no mundo do trabalho e qualidade da educação. In Market, W. (Org.). Trabalho, qualificação e politecnia (pp.123-129). Campinas: Papirus.

Freitas, H. C. L. (1999). A reforma universitária no campo da formação dos profissionais da educação básica: as políticas educacionais e o movimento de educadores. Educação & Sociedade, 20 (68), p.17-44.

Frigotto, G. (1986). Educação e a crise do capitalismo real. São Paulo: Cortez.

Lüdke, M., & André, M. E. D. A. (2012). Pesquisa em educação: abordagens qualitativas. São Paulo: EPU.

Marconi, M. A., & Lakatos, E. M. (2005). Fundamentos da metodología científica. 6 ed. São Paulo: Atlas.

Nadal, B. G. (2007). Política educacional paranaense para formação de professores: um olhar à luz dos textos políticos. In Simpósio Brasileiro de Política e Administração da Educação, 23º. Porto Alegre.

Paraná (2004). Lei Complementar nº 103/2004, de 15 de março de 2004. Plano de Carreira do Professor da Rede Estadual de Educação Básica do Paraná. Diário Oficial do Estado, Curitiba, nº 6687.

Paraná (2005). Secretaria de Estado da Educação. Superintendência de Educação. Plano Estadual de Educação - PPE PR. Uma construção coletiva (versão preliminar). Curitiba: SEED/PR. Acesso em 01 de fevereiro, 2014, disponível http://www3.tce.pr.gov.br/contasdogoverno/2009/educacao/plano_estadual_de_educacao.pdf

Paraná (2005). Decreto nº 4482/2005, de 14 de março de 2005. Implanta o Programa de Desenvolvimento Educacional - PDE/PR, que disciplina a promoção e progressão do professor do nível III da carreira. Diário Oficial do Estado, Curitiba, nº 6933.

Paraná (2010). Lei Complementar nº 130/2010, de 14 de julho de 2010. Regulamenta o Programa de Desenvolvimento Educacional -PDE/PR, instituído pela Lei nº 103/2004. Diário Oficial do Estado, Curitiba, nº 8262.

Paraná (2008). Secretaria de Estado da Educação. Superintendência de Educação. Diretrizes Curriculares da Educação Básica - Educação Física. Curitiba: SEED/PR. Acesso em 01 de fevereiro, 2014, disponível http://www.educadores.diaadia.pr.gov.br/arquivos/File/diretrizes/dce_edf.pdf

Paraná (2011a). Secretaria de Estado da Educação. Superintendência de Educação. O professor PDE e os desafios da escola pública paranaense - 2007. Curitiba: SEED/PR. (Cadernos PDE). Acesso em 01 de março, 2014, disponível http://www.diaadiaeducacao.pr.gov.br/portals/cadernospde/pdebusca/sinopses2007/06_edfisica.pdf

Paraná (2011b). Secretaria de Estado da Educação. Superintendência de Educação. O professor PDE e os desafios da escola pública paranaense - 2008. Curitiba: SEED/PR. (Cadernos PDE). Acesso em 01 de março, 2014, disponível http://www.diaadiaeducacao.pr.gov.br/portals/cadernospde/pdebusca/sinopses2008/educacao_fisica_capa.pdf

Paraná (2012). Secretaria de Estado da Educação. Superintendência de Educação. O professor PDE e os desafios da escola pública paranaense - 2009. Curitiba: SEED/PR., (Cadernos PDE). Acesso em 01 de março, 2014, disponível http://www.diaadiaeducacao.pr.gov.br/portals/cadernospde/pdebusca/sinopses2009/educacao_fisica_capa.pdf

Paraná (2013). Secretaria de Estado da Educação. Superintendência da Educação. Programa de Desenvolvimento Educacional (versão 2013) - Documento-Síntese. Curitiba: SEED/SUED. Acesso em 01 de fevereiro, 2014, disponível http://www.gestaoescolar.diaadia.pr.gov.br/arquivos/File/pde_roteiros/documento_sintese_pde_2013.pdf

Paraná (2014a). Secretaria de Estado da Educação. Superintendência de Educação. O professor PDE e os desafios da escola pública paranaense - 2010. Curitiba: SEED/PR. (Cadernos PDE). Acesso em 01 de fevereiro, 2015, disponível http://www.diaadiaeducacao.pr.gov.br/portals/cadernospde/pdebusca/sinopses2010/educacao_fisica_capa.pdf

Paraná (2014b). Secretaria de Estado da Educação. Superintendência de Educação. O professor PDE e os desafios da escola pública paranaense - 2012. Curitiba: SEED/PR. (Cadernos PDE). Acesso em 01 de fevereiro, 2015, disponível http://www.diaadiaeducacao.pr.gov.br/portals/cadernospde/pdebusca/sinopses2012/educacao_fisica_capa.pdf

Scheibe, L., & Bazzo, V. L. (2001). Políticas governamentais para a formação de professores na atualidade. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, 22 (3), p.9-21.

Silva, L. H. (1996). Novos mapas culturais novas perspectivas educacionais. Porto Alegre: Sulinas.

Soares, C. L. (1994). Educação Física: raízes europeias e Brasil. Campinas: Autores Associados.

Soczek, D. (2012). Aspectos reflexivos sobre a formação de profesores e sua atualização permanente no PR: considerações preliminares sobre o PIBID e o PDE. In Seminário de Pesquisa em Educação da Região Sul, 9º. Caxias do Sul.

Publicado
2015-07-01
Cómo citar
Bonfim T. R., Delfini Batista D. M., & Bássoli Oliveira A. A. (2015). Formación continua del profesorado, educación física escolar y el cuerpo cultura: el pde/pr foco. Educación Física Y Deporte, 34(1), 129-154. https://doi.org/10.17533/udea.efyd.v34n1a06
Sección
Artículos de Investigación