Stress in the nursing academic life. (Un) awareness and prevention

  • Larissa Angélica da Silva Philbert Mestre em Ciências, aluna de Doutorado pelo Programa de Enfermagem Psiquiátrica da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto – EERP/USP. Professora do Ensino Fundamental I pela Secretaria da Educação de Ribeirão Preto. Pedagoga e Psicopedagoga. Membro Efetivo do Centro Avançado de Educação para a Saúde e Orientação Sexual - Educação Preventiva em Sexualidade, DST, AIDS, Drogas e Violência – CAESOS, Brasil. email: larissas3@yahoo.com.br
  • Sabrina Corral-Mulato Departamento de Enfermagem Psiquiátrica e Ciências Humanas da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo, Brasil
  • Vanessa Denardi Antoniassi Baldissera Enfermeira, Doutora em Ciências pelo Programa de Pós-graduação em Enfermagem Psiquiátrica do Departamento de Enfermagem Psiquiátrica e Ciências Humanas da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo, Brasil; Professora da Universidade Estadual de Maringá - UEM e do Centro Superior Universitário de Maringá – CESUMAR, Brasil. email: vanessadenardi@hotmail.com.
  • Janaina Luiza dos Santos Enfermeira, Mestre em Ciências, aluna de Doutorado pelo Programa de Pós-graduação em Enfermagem Psiquiátrica do Departamento de Enfermagem Psiquiátrica e Ciências Humanas da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo, Brasil. email: janaina-luiza@hotmail.com.
  • Sonia Maria Villela Bueno Profa. Dra. Livre-docente/Associada da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto- USP, Brasil. Pedagoga, Presidente do Grupo de Pesquisas CAESOS – Departamento de Enfermagem Psiquiátrica e Ciências Humanas da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo, Brasil. email: caesos@hotmail.com.
Keywords: Stress psychological; students; nursing; health education.

Abstract

Objective. To describe the personal and professional perceptions of stress, prevention and issue approach in training Brazilian nursing students.

Methodology. A qualitative, descriptive-exploratory study was developed in the year of 2009, through an open survey application. Answers were analyzed through thematic analysis categorizing identified qualitative variables.

Results. Eight female students in their last year of nursing school with ages between 21 and 27 years old participated. Personal stress is related to unbalanced situations and difficulties in their professional life, work overload, and lack of vocation, they all have physical and mental manifestations.

Conclusion. Participants related personal stress with unbalanced situations and difficulties in the professional life, work overload and lack of vocation.

|Abstract
= 9 veces | PDF (PORTUGUÊS)
= 20 veces| HTML (PORTUGUÊS)
= 8 veces|

Downloads

Download data is not yet available.

References

(1) Costa AL. Stress in nursing students: construction of determining factors. Rev Min Enferm. 2007;11(4):414-9.

(2) Phun ET, Dos Santos CB. El consumo de alcohol y el estrés entre estudiantes del segundo año de enfermería. Rev Latinoam Enferm. 2010;18(spec):496-503.

(3) Merino C, Manrique G, Angulo M, Isla N. Indicador de estratégias de afrontamiento al estrés: exploración normativa y de su estructura factorial. Ansiedad Estrés. 2007;13(1):25-40.

(4) Lipp MEN, Romano ANSF, Covolan MA, Nery MJGS. Como enfrentar o stress. 5a ed. São Paulo: Ícone; 1998. p.91.

(5) França AC, Rodrigues AL. Estresse e trabalho: guia básico com abordagem psicossomática. 4ª edição. São Paulo: Atlas; 2005. p.192.

(6) Aquino JM. Estressores no trabalho das enfermeiras em centro cirúrgico: conseqüências profissionais e pessoais [Tese de Doutorado]. Ribeirão Preto: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo; 2005 p.144 [acceso 5 de septiembre de 2008]. Disponível em: http:// www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22131/ tde-19102006-154614/

(7) Selye H. The stress of life. 2a ed. New York: Mc- Graw-Hill; 1978.p 516.

(8) Selye H. History and present status of the stress comcept. Em: Goldberger L, Breznitz S. Handbook of stress: theoretical and clinical aspects. 2a ed. New York: Free Press; 1993.p. 7-20.

(9) Bauer ME. Estresse: como ele abafa as defesas do corpo? Ciênc Hoje. 2002;(179):20-5.

(10) Stacciarini JM, Troccoli BT. Estrés en la actividad ocupacional del enfermero. Rev Latinoam Enfermagem. 2001;9(2):17-25.

(11) Bell MN. Learning a complex nursing skill: student anxiety and effect of preclinical skill evaluation. J Nurs Educ. 1991; 30(5):222-6.

(12) Jones LH. How to assess stress: a significant step for the nursing student. J Nurs Educ. 1998; 17(5):227-9.

(13) Ayres K, Brito SM, Feitosa A. Stress ocupacional no ambiente acadêmico universitário: um estudo em professores universitários com cargos de chefia intermediária. Em: Encontro Nacional da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração. Foz do Iguaçu (PR); 1999.

(14) Selligmann-Silva E. Psicopatologia e psicodinâmica do trabalho. Em: Mendes R, organizador. Patologia do trabalho. 2a ed. São Paulo: Atheneu; 2005. p.287-310.

(15) Freire P. Educação como prática da liberdade. 31ª ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra; 2008. p. 158.

(16) Bueno SMV. Tratado de Educação Preventiva em sexualidade, DST-Aids e drogas nas escolas, 2009. 2ª ed. Ribeirão Preto: FIERP; 2009. p. 193.

(17) Pacanaro SV, Santos AAA. Assessment of stress in the educational context: analysis of scientific article production. Aval psicol. 2007; 6(2):253-60.

(18) Lautert L, Chaves EHB, Moura GMSS. O estresse na atividade gerencial do enfermeiro. Rev Panam Salud Pública. 1999; 6(6):415-25.

(19) Lautert L. O desgaste profissional do enfermeiro [Tese de doutorado]. Salamanca: Universidade Pontifícia de Salamanca; 1995.p.276

(20) Trentini M, Da Silva SH, Valle M, Hammerschmidt KS. Enfrentamento de situações adversas e favoráveis por pessoas idosas em condições crônicas de saúde. Rev Latinoam Enfermagem. 2005; 13(1):38-45.

(21) Leitão IMTA, Fernandes AL, Ramos IC. Occupational health: analyzing the risks related to a nursing team in an Intensive Care Unit. Cienc Cuid Saúde. 2008; 7(4):476-84.

(22) Pardini LI. The social contexts of stress. Em: Goldberger L, Breznitz S. Handbook of stress: theoretical and clinical aspects. New York: Free Press; 1992. p.367-79.

(23) Silva MAD. Quem ama não adoece: o papel das emoções na prevenção das doenças. 36a ed. São Paulo: Best Seller; 2005.p.376

(24) Lima ED. Estresse ocupacional e a enfermagem de centro cirúrgico [Dissertação de mestrado]. Belo Horizonte: Escola de Enfermagem, Universidade Federal de Minas Gerais; 1997.

(25) Farah OG. Stress e coping no estudante de graduação em Enfermagem: investigação e atuação [Tese de doutorado]. São Paulo: Escola de Enfermagem/ USP; 2001.

(26) Pereira OA. Qualidade de vida no trabalho de docentes universitários de uma instituição pública e outra privada do leste de Minas Gerais [Dissertação de mestrado]. Caratinga: Pós-Graduação em Meio-Ambiente e Sustentabilidade, Centro Universitário de Caratinga; 2006.

(27) Caregnato RC, Lautert L. The stress of the multiprofessional team in the operating room. Rev Bras Enferm. 2005; 58(5):545-50

(28) Freire P. Pedagogia do Oprimido. 49a ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra; 2010.

Published
2011-04-12
How to Cite
da Silva Philbert, L. A., Corral-Mulato, S., Antoniassi Baldissera, V. D., Luiza dos Santos, J., & Villela Bueno, S. M. (2011). Stress in the nursing academic life. (Un) awareness and prevention. Investigación Y Educación En Enfermería, 29(1). Retrieved from https://revistas.udea.edu.co/index.php/iee/article/view/6595
Section
ORIGINAL ARTICLES / ARTÍCULOS ORIGINALES / ARTIGOS ORIGINAIS